Sem categoria

Setor imobiliário na PANDEMIA.

Com o novo corona vírus, uma crise econômica se alastrou na maioria dos setores. Porém, durante este período o setor imobiliário está entre os menos afetados e em junho, voltou com novas contratações. Portanto, o negócio imobiliário é vital para o desenvolvimento do Brasil, principalmente na crise atual, fatores como preços e taxas de juros baixos é considerado a principal força da recuperação econômica. Apesar de ter um registro baixo nos primeiros meses de 2020, houve um aumento relativo na demanda por ofertas imobiliárias no segundo trimestre.


Tendências do mercado imobiliário pós pandemia.
Espaço e luxo
:

Com as medidas de isolamento social, permitiu-se que as pessoa ficassem mais tempo em suas casas e passassem a valorizar características diferentes das propriedades que antes passavam despercebidas como por exemplo o tamanho das casas, espaços abertos, varandas ou acomodação contribuíram bastante na compra de um imóvel.


Vida nova:

Devido à propagação de um novo vírus em todo o mundo, muitas famílias optaram por morar em locais distantes de metrópoles densamente povoadas. A maioria delas locaram casas no centro da cidade e compraram ou alugaram temporariamente casas no campo. Um fator importante no setor imobiliário e também na renda pessoal.


Vendas pela internet:

Este modo de vendas já era uma importante tendência para 2020 antes mesmo da pandemia, e com ela este segmento aumentou bastante e deve continuar crescendo. Os profissionais do setor imobiliário devem usar cada vez mais a Internet para promover a prosperidade do cliente, gerar leads e fechar negócios. Entre os destaques estão as empresas que fazem integração com portais de publicidade e chatbots, o que torna o atendimento mais prático. Fotos detalhadas, vídeos e tour 360° dos imóveis ajudam bastante na hora de vender, já que muitas pessoas optam por não ir até o local pelo risco de contágio.

Dicas para a gestão online do seu negócio com a crise
Invista em marketing digital:


Isso ajuda você a promover os seus produtos em várias plataformas disponíveis no ambiente digital, como o uso de redes sociais. Estudos apontam que as pessoas ficam cerca de três horas diárias nas redes sociais, e 77% dos brasileiros são influenciados pelo marketing digital. Uma propaganda bem elaborada e com palavras chave faz toda a diferença na hora da compra.

Otimize o atendimento ao cliente:


Sem o contato presencial com o cliente, é importante que as formas de atendimento online sejam melhoradas investindo mais na parte de suporte, importante informar para os clientes como estão as formas de atendimento, uma dica é inserir um banner na página inicial do seu site e realizar postagens nas redes sociais da empresa para garantir que os clientes sejam informados. Outra dica é adicionar aos chatbots respostas automáticas para dúvidas e questões que costumam acontecer com frequência.

Tenha estratégias de vendas voltadas para a internet:


Inovar e solucionar são palavras chave neste assunto com oportunidades ao seu alcance. Promoções e meios de pagamento diversificados são boas estratégias, que podem desempenhar um papel importante na compra de imóveis, em tempos de pandemia e com uma crise financeira tomando conta da situação realizar promoções e adaptar novas formas de pagamento são fatores que ajudarão em suas vendas.